Árvore da Vida

Arvore Da Vida

A Árvore da Vida é um símbolo sagrado da criação, fecundidade e imortalidade. Ela representa a ligação entre céu, terra e submundo.

Sua folhas crescem em direção ao céu, enquanto o seu tronco relaciona-se com a terra. Suas raízes, por fim, encontram-se no submundo.

Esse símbolo está presente na maior parte das culturas. A Árvore da Vida dos assírios é a mais conhecida entre todas as árvores sagradas e está associada à Ishtar, deusa da fertilidade e da destruição (a divindade mais importante da Mesopotâmia).

É da árvore desse povo da Mesopotâmia que surge a Árvore da Vida Cabalística, a árvore dos babilônios, dos egípcios e da civilização islâmica. É dela que evolui também a Árvore do Paraíso que consta na Bíblia, também conhecida como Árvore do Gênesis.

Árvore Sefirótica

A Árvore da Vida Sefirótica é símbolo judeu do pensamento cabalístico.

Nela constam 10 esferas ligadas entre si. Elas representam os atributos criados por Deus, os quais fazem parte do caminho que deve ser seguido para a busca da evolução espiritual.

O símbolo pode ser encontrado na posição invertida, ou seja, com as raízes viradas para o céu. Essa inversão é vista como uma forma de acessar outros mundos.

A Árvore da Vida na cabala também pode ser representada pela palma, ou ramo, que é um símbolo judaico.

Conheça outras simbologias de árvores.

Tatuagem

No que respeita às tatuagens de Árvore da Vida, a imagem com o estilo dos contornos celtas é a mais escolhida.

Para os celtas, as árvores possuíam alma. Isso porque esse povo seguia o animismo - crença de que todas as coisas que existem têm alma.

Conheça Símbolos Celtas.