Símbolos Judaicos

Os principais símbolos judaicos são: a Menorá, a Estrela de Davi, o Chai, o Tora, o Mezuzah e o Shofar. Os mesmos carregam um importante significado, motivo pelo qual são utilizados até hoje pelos seguidores do Judaísmo.

O Judaísmo é uma religião abraâmica muito antiga, a primeira monoteísta, ou seja, que baseia sua crença na existência de apenas um Deus.

Menorá

Simbolos Judaicos

A Menorá ou Menorah é um dos principais símbolos do Judaísmo. Encontrada em templos e em sinagogas, é um candelabro de 7 pontas que não é propriamente utilizado para iluminar esses locais, mas que significa a luz da Tora, a qual nunca deixa de iluminar.

Cada uma de suas pontas representa as raízes da Árvore da Vida.

Estrela de Davi

Simbolos Judaicos

A Estrela de Davi, “estrela dos judeus”, é um símbolo de proteção, que também representa a união dos opostos.

Apesar de ser um hexagrama (estrela de seis pontas), que é representada por dois triângulos equiláteros sobrepostos, esse símbolo representa o número 7.

Isso porque a soma da sua estrutura (pontas dos triângulos, 6, mais seu centro) resulta nesse número, que é perfeito para o Judaísmo.

Também conhecido como Escudo de Davi, teria esse nome pelo fato de o rei Davi ter usado um escudo nesse formato. O objetivo era poupar no metal na criação dessa arma.

Depois de o rei Davi ter usado esse escudo, seu exército passou a utilizar a sua imagem nos escudos acreditando que o símbolo lhes trouxesse proteção.

Chai

Simbolos Judaicos

O Chai é um símbolo judaico representado pelas letras do alfabeto hebreu chet e yud. Significa “vida” e é utilizado por homens e mulheres como um medalhão pendurado à volta do pescoço, que tem o intuito de proteger aqueles que o usam.

As letras têm o valor numérico 18, motivo pelo qual esse número é considerado o número da sorte no Judaísmo.

Tora

Simbolos Judaicos

Tora é o livro sagrado, a “Bíblia Hebraica”, que contém as leis e os mandamentos do Judaísmo escritos à mão. Trata-se de um pergaminho, cujos rolos são chamados de Azei Hayyim, e que tem o significado de Árvore da Vida.

Mezuzah

Simbolos Judaicos

O Mezuzah é um talismã que representa proteção e também a fé dos devotos judeus. Esse objeto é usado no lado direito das portas das casas e são tocados antes das pessoas entrarem nas suas habitações.

Consiste em um pequeno recipiente, dentro do qual há um pergaminho com um texto sagrado.

Shofar

Simbolos Judaicos

Shofar é um chifre de carneiro que simboliza o ano novo judaico, mas principalmente a lealdade de Abraão a Deus.

Segundo narra a Escritura Sagrada, Deus pediu a Abraão o seu único filho em holocausto. Somente quando Abraão estava prestes a matá-lo, um anjo apareceu impedindo o sacrifício.

Mão de Fátima

Simbolos Judaicos

No Judaísmo, a Mão de Fátima, símbolo do Islamismo, é utilizada como um amuleto de proteção contra o mau-olhado.

Também é conhecido como Hamsá, palavra de origem árabe que significa “cinco”, fazendo referência aos dedos das mãos e aos cinco pilares da fé islâmica.

Conheça também a simbologia da Cabala e entenda o que representa cada alimento consumido no sederer, refeição feita na Páscoa pelos judeus, em Símbolos da Páscoa.

No início do ano judaico, é tradição comer romãs. Elas são símbolo da renovação, fertilidade e prosperidade. Segundo é contado, a fruta possui 613 sementes, o mesmo número de Mitzvots, que são os mandamentos judaicos.

Conheça os símbolos de outras religiões em Símbolos Religiosos.