Pégaso

PegasoO Pégaso, figura da mitologia grega, é um cavalo alado, filho de Posídon e da Górgona. O seu nome é proveniente do termo pegé, que significa fonte. Pégaso teria nascido nas fontes do Oceano, por isso a sua simbologia está relacionada à água.

Ao beber na fonte Pirene, Pégaso teria batido com o casco no chão, fazendo brotar uma fonte alada. Por isso também, a simbologia de Pégaso está ligada a trovões, tempestades, e raios, simbolizando também a prudência de Zeus.

Pégaso, simboliza a relação entre fecundidade e elevação, como uma nuvem portadora de água fecunda.

Como o cavalo, Pégaso simboliza a impetuosidade dos desejos, dos instintos animais. Mas quando o homem e o cavalo tornam-se um só, dão origem a outra figura mítica: o centauro. A representação do centauro simboliza a identificação do homem com os instintos animais.

Já Pégaso, simboliza a elevação real, a imaginação criadora, qualidades espirituais superiores, acima dos perigos das perversões dos instintos.

Pégaso, o cavalo alado, criador das fontes e com asas, representa a criatividade espiritual e simboliza a inspiração poética.

Ver também a simbologia de Cavalo.