Serpente

SerpenteA serpente é um réptil que muitas vezes está associado ao mal, à morte e escuridão, por ser considerado uma animal misterioso, traiçoeiro e venenoso; contudo, é um símbolo muito rico em diversas culturas e, por outro lado, pode representar o rejuvenescimento, a renovação, a vida, a eternidade e a sabedoria.

A Serpente no Cristianismo

Um dos episódios mais conhecidos da bíblia recai sobre o momento em que Eva, morde a maçã e renuncia ao paraíso influenciada pela serpente, disfarçada de Satã. A partir desse momento, a serpente indica, no cristianismo, o pecado, um animal traidor, calculista, do submundo associado ao demônio.

A Serpente na Mitologia Grego-Romana

Na mitologia greco-romana, a figura da serpente surge com Asclépio (Esculápio) associada à cura, símbolo da medicina e da sabedoria. Por outro lado, no mito de Laocoonte, sacerdote de Apolo, deus do Olimpo, que desobedece o Deus e como punição Apolo envia duas grandes serpentes a fim de mata-lo. A partir disso, a serpente representa o animal. Aliás, o grande herói da mitologia grega, Hércules, enfrentou o monstro Hidra, animal com corpo de dragão e nove cabeças de serpente.

A Serpente na Mitologia Nórdica

Na mitologia nórdica, Jormungand é conhecido como a serpente de Midgard, filho de Loki, Deus gigante do fogo, da trapaça, da magia, e de Angurboda, deusa do medo; Odin, Deus da sabedoria e da guerra, rapta seus três filhos (Fenrir, Jormungard e Hel), de modo que lança Jormungand no oceano e, desde então adquire uma forma figurada num gigante serpente que envolve todo o mundo e também engole sua própria cauda, como "Ouroborus".

Ouroboros

Talvez essa seja a imagem mais figurativa para a simbologia da continuação, da renovação que carrega a serpente, pois a imagem de “Ouroborus”, é aquela que engole sua própria cauda, formando um círculo, representando o cosmos, a totalidade, a energia cíclica.

Leia mais sobre o significado da Ouroboros.

A Serpente no Oriente

No hinduísmo, no budismo e na Yoga, a serpente representa a força vital, a cura bem como a energia cósmica e sexual, associada ao Kundalini (energia física e espiritual concentrada na base da coluna), sendo a espinha dorsal, a representação da serpente (energia) que chega até a cabeça, trazendo a cura e o equilíbrio cósmico. Da mesma maneira, no Xamanismo, a serpente, animal que troca sua pele é considerado o devorador de doenças, e por isso, simboliza a cura, a sensualidade e também a vitalidade e a sabedoria.

A Serpente Emplumada: Quetzálcoatl

Para os astecas e os toltecas, povos mesoamericanos, a imagem de Quetzálcoatl é representada por uma serpente com penas, no espanhol, “serpiente emplumada”, a divindade mais importante, do elemento água, da vida e da renovação. Além disso, representa a energia e a força.

A Serpente no Horóscopo Chinês

As pessoas nascidas sob esse signo Yin, dos elementos água e terra, são em sua maioria como o própria simbologia do animal sugere: sábios, sensuais, elegantes, misteriosos e, ao mesmo tempo, desconfiados, inseguros, cautelosos, frios e calculistas.

Veja também a simbologia da Naja e da Cobra.